Domingo, 12 de Agosto de 2007

Sizo iniciou festival

Sizo, no Palco After-Hours



publicado por JN às 23:51
link do post | comentar | favorito
|

Leite de soja e bolos de arroz

Vodka, águas e whiskey figuram nas listas de exigências da maioria das bandas de Paredes de Coura. Nem todas. No backstage, Carla Dias revelou ao JN que os Sonic Youth, por exemplo, pediram leite de soja, muitos chás, comida orgânica, chocolates sem recheio, cenouras cruas e bolos de arroz.
publicado por JN às 21:05
link do post | comentar | favorito
|

Pete Doherty vem de comboio

O vocalista dos Babyshambles, Pete Doherty, continua a garantir a popularidade da sua banda à custa de atitudes pessoais como esta: ele não vem de avião como a maioria dos seus pares, mas sim de comboio. Desde Londres.
publicado por JN às 21:04
link do post | comentar | favorito
|

Um Jaguar no Relvado


É uma visão rara: ontem à tarde, estava um Jaguar estacionado no relvado do anfiteatro natural do Festival de Paredes de Coura. O automóvel brilhante e cobiçado pousado no local onde, horas depois, estarão milhares de pessoas que ali chegaram de comboio, furgoneta, camioneta, à boleia ou a partilhar um carro a diesel entre amigos para sair mais barata a viagem. Contrastante? Claro, ainda mais considerando que o preço de um Jaguar era capaz de pagar os cachês de algumas belas bandas.
publicado por JN às 21:02
link do post | comentar | favorito
|

Porco no espeto


Quem passa a ponte para a margem do Tabuão que faz as vezes de dormitório do festival tem o pior (ou o melhor, vai depender, mais do que da perspectiva, do estômago de cada um) cartão de visita possível: um porco no espeto. Sim senhor, um porquinho inteiro a rodopiar com o calor, que vai sendo lascado para sandes a 3 euros. Não é bonito, fere a consciência ética de muita gente – afinal o cardápio do festival até sentiu necessidade de investir num menu vegetariano – mas faz sucesso. Sobretudo se for empurrado com um fino gelado.
publicado por JN às 20:57
link do post | comentar | favorito
|

Paredes de Coura é sempre a alternativa

Alternativo como convém, o cartaz do palco principal do Festival de Paredes de Coura 2007 divide-se em seis frentes de ataque: os históricos; os que geram as maiores expectativas; os fantoches mediáticos; a ala sueca; a habitual amálgama independente mais indiferenciada e, sempre em minoria, os portugueses.
Hoje é dia de aquecimento. O caldeirão de quatro palcos começa a ferver amanhã. Apaga-se na quarta-feira.
Cláudia Luís
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.
publicado por JN às 01:10
link do post | comentar | favorito
|

Palco After Hours: Onde há rock há electro

É o único palco activo esta noite. A partir das 22.30 horas, no After Hours, os anfitriões da edição 2007 do Festival de Paredes de Coura estão a postos: Sizo, DeVotchKa, DJ Fra e Simian Mobile Disco. A começar pelos Sizo: rock, pop e suor sediado no Porto; têm o primeiro registo, "Nice to miss you", disponível gratuitamente na Internet (www.deathtosizo.com) até, quarta-feira, o último dia do festival.
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.
publicado por JN às 01:08
link do post | comentar | favorito
|

Palco Ibero Sounds: Espanha aqui tão perto

O festival está cada vez mais voltado para Espanha. Até agora, a proximidade geográfica e o cartaz atraíam público e jornalistas do país vizinho, mas, este ano, a organização demonstra com que linhas quer coser o festival, criando um palco exclusivo para projectos oriundos da Península Ibérica.
Slimmy vai abrir, amanhã, com o sol difícil das 16.30 horas da tarde; é um português mais brit do que ibérico; traz um electro/rock de Londres que vai lançar por cá também em Setembro sob a chancela "Beatsound loverboy".
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.
tags: ,
publicado por JN às 01:06
link do post | comentar | favorito
|

Palco Ruby: Zappa, clássica, fanfarra e outras alcunhas

O Jazz na Relva é um clássico de Coura. É aquela horinha de concerto a meio da tarde, mergulhos no Tabuão, toda a gente espraiada no relvado, vai uma sesta, leituras de jornais, montras de artesanato e protector solar. Este ano, o Jazz na Relva passa a ser o Palco Ruby. Na prática, não muda nada - um concerto com fortes referências jazz por dia, entre as 16 e as 17 horas, a partir de amanhã.
Veja AQUI a notícia completa, publicada na edição impressa do JN deste domingo.
publicado por JN às 01:05
link do post | comentar | favorito
|
O blog do JN online
que acompanha
os principais momentos
deste festival

VER CARTAZ AQUI

Vídeo


Sonic Youth - Kool Thing live
VER AQUI FOTOGALERIA

tags

todas as tags

posts recentes

Final sónico e feliz em C...

Mestres e aprendizes reun...

Sunshine Underground

Segurança e voluntariado

Poesia erótica e grotesca

Burros em Coura

The Right Ons - Palco Ibe...

Mão Morta diz adeus em Pa...

Ilha tecnológica

Gogol Bordello - Palco He...

outros festivais no JN

Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

subscrever feeds